Edifício assinado por Jacques Pilon no Centro de São Paulo é revitalizado. A TPA Empreendimentos comanda a reforma de um dos prédios ícones da cidade e, sob o conceito ‘retroarte’, inova o projeto arquitetônico de interiores

Jacques Pilon

TPA Empreendimentos, construtora e incorporadora com grande atuação em projetos no Centro de São Paulo, esta à frente da revitalização do edifício Irradiação, assinado pelo renomado Jacques Pilon nos anos 1940. Prioritariamente construído para ser um imóvel comercial, atividade essa que o ocupou até março de 2016 quando a TPA assumiu a reforma, o prédio passa agora a ser uma nova opção de moradia no Centro da capital paulista.

A revitalização do imóvel atende uma demanda por moradias naquela parte da cidade e, além disso, contribui com a melhoria que vem acontecendo no Centro, segundo Mauro Teixeira Pinto, sócio da TPA. “O Centro está sendo valorizado, revitalizado e, mais ainda, atuamos de modo a preservar e valorizar o patrimônio histórico”, conta Mauro, ao explicar que o Irradiação é um edifício com a fachada tombada. Sob o conceito ‘retroarte’, definido por Mauro como o ato de “manter e valorizar a arquitetura original e ao mesmo tempo conseguir imprimir um conceito, qualidade e padrão de eficiência modernos”, o prédio possui 161 apartamentos com opções de 20 a 41m², divididos em seis andares, mais lojas no térreo e cobertura com lazer.

Marcos Gavião, arquiteto à frente do projeto de arquitetura de retrofit do edifício, explica que buscou “a atualização da edificação existente com a adequação ao novo uso pretendido e a preservação das características mais significativas da obra original.” Para ele, trata-se de um momento de orgulho e de grande responsabilidade ter ’em mãos’ a requalificação desse empreendimento. “O Centro de São Paulo é uma somatória de importantes momentos da história da cidade e do país e nosso desafio foi assegurar que, apesar da atualização do edifício feita com a redivisão do uso dos espaços e nos novos materiais empregados nestes novos ambientes, o momento histórico da obra original não fosse perdido”, explica.

Como exemplo, ele citou o uso caixilhos de alumínio com melhor isolamento acústico e maior durabilidade em troca dos originais que eram de madeira. “Usamos caixilhos com um desenho muito próximo do original para não descaracterizar a fachada, típica de alguns dos edifícios comerciais daquela época e deste autor.”

O projeto de design de interiores é assinado pela arquiteta Paula Guimarães que explica que buscou incorporar elementos estéticos do período em que o arquiteto Jacques Pilon atuou na cidade de São Paulo. “Formas puras, funcionais com forte pegada modernista convivendo com elementos clássicos e Art Déco, além da funcionalidade de cada ambiente foi também motivo de grande atenção no processo, pois cada espaço foi cuidadosamente pensado para proporcionar a melhor experiência e conforto aos futuros ocupantes”, pontua a arquiteta.

Jacques Pilon

“O cuidado com os detalhes e a preocupação em tornar as unidades residenciais com ‘jeito de casa’ é um diferencial constante no conceito do meu escritório para os empreendimentos TPA: sempre buscamos criar espaços humanizados, onde as pessoas podem realmente se imaginar vivendo ali plenamente. Tem armários para roupas, cama confortável, cozinha completa, lugar para guardar tudo, receber uma visita…”, finaliza Paula.

Na visão de Mauro, tanto a arquitetura original quanto a que foi implementada geram o contraste entre o clássico e o moderno. “A amplitude dos espaços com pé-direito alto, ampla largura de corredor, janelas grandes, instalações modernas de áreas comuns e lazer, ar condicionado central, janelas antirruído e pintura anti-pixação, são os grandes destaques do empreendimento e que refletem claramente o que fizemos sobre misturar o passado e o presente no mesmo lugar.” Outro diferencial que merece ser destacado, é o fato incomum de ser entregue totalmente decorado inclusive nas áreas privativas. O projeto prevê, ainda, desde seus registros formais a possibilidade de locação temporária e serviços de pay-per-use, oferecendo assim praticidade para os usuários.

“Fazer um edifício residencial único, numa região especial do centro da maior cidade da América Latina e que permite diversas ocupações, como morador, inquilino e inquilino temporário, traz muita praticidade para todos e é motivo de orgulho para nós que estamos sempre em busca de construir projetos inovadores e, acima de tudo, motivadores”, finaliza Mauro.

Sobre Jacques Pilon – Jacques Émile Paul Pilon (1905-1962) foi um arquiteto francês com importante atuação na arquitetura brasileira, notadamente a paulista, entre as décadas de 1930 e 1960. Formado pela Escola Nacional de Belas Artes de Paris (1927-1932), Jacques foi contemporâneo de importantes nomes da arquitetura nacional como Gregori Warchavchik e Rino Levi, e estão sob a sua assinatura a biblioteca Municipal de São Paulo Mário de Andrade (1936); Edifício Barão de Iguape (1956) na Rua Direita, no Centro da capital; Edifício Sede do jornal O Estado de S.Paulo (1943), também no Centro de São Paulo; Edifício São Luiz (1943) na Pça.da República – SP; entre outros.

Serviço:
Edifício Irradiação
Endereço: Av. Senador Queiroz 101 – Centro – SP

TPA Empreendimentos
(11) 3093-6199
http://tpaempreendimentos.com.br

Marcos Ferreira Gavião Arquitetos Associados
(11) 3567-0016
http://www.marcosgaviao.com.br/

Paula Guimarães
11 3063 0056
http://www.mgarquitetos.com/

 

topo