Skip to main content

Gestão contra desperdício de água

Desperdício de água custa R$ 11 bilhões para o país

desperdício de água

Levantamento feito pelo Instituto Trata Brasil e GO Associados revela que o gasto é superior ao investido em saneamento. Para minimizar este prejuízo, CFA cria ferramenta para auxiliar gestores elaboração de políticas públicas para o setor.

Na quarta-feira, 5/7, o Instituto Trata Brasil e GO Associados divulgou estudo com dados alarmantes: vazamentos, ligações clandestinas e falhas de leitura de hidrômetro causam prejuízo em oito estados brasileiros. A água desperdiçada chega a 75% em Roraima, líder no ranking de perdas hídricas. Leia+Mais→

10 anos da Lei do Saneamento Básico

No aniversário da Lei 11.445, estudo realizado pela ABES sobre situação do saneamento no país, com base na PNAD 2015, mostra avanços tímidos.  “O Brasil precisa urgentemente colocar o saneamento como prioridade

lei

Saneamento deve ser prioridade de Estado e não de governo”, afirma o presidente da ABES, Roberval Tavares de Souza. A Lei 11.445, conhecida como a Lei do Saneamento Básico, completa 10 anos este mês com pouco a comemorar: estudo realizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES demonstra que houve melhora na situação do saneamento no país, porém, movida por avanços tímidos em algumas regiões. O instrumento estabelece as diretrizes nacionais e a política federal para o setor. Seu advento gerou grandes expectativas quanto à melhoria da prestação e gestão desses serviços e a tão desejada universalização. Dez anos depois, os indicadores monitorados anualmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) por meio da PNAD (Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios) apontam um grande contingente de pessoas ainda sem acesso aos serviços. • • •> Leia mais Leia+Mais→